Google+
Facebook

(66) 99979-4476 Venda
(66) 99954-0075 Aluguel
Inicial
Boa Noite, hoje é dia 18 de Novembro de 2018 - Rondonópolis / MT


Venda


Aluguel


Sobre Nós



Seu Imóvel Aqui


Fale Conosco
(66) 9979 4476 ou 3421 7766 imobiliaria.ebenezer@gmail.com
Tipo: Cidade: Valor Mínimo Dormitórios:
Finalidade: Bairro: Valor Máximo
Pesquisar por Código
 
 
Notícias
 
30/06/2014
Castelo de Pedras Altas, palco do fim da Revolução de 1923, é posto a venda! Saiba o preço!
 
História na Zona Sul

Palco da Revolução de 23, castelo de Pedras Altas é posto à venda

Por ser tombada pelo Estado, construção foi ofertada ao poder público antes de ser anunciada. Por enquanto, não há resposta sobre a aquisição

  -  julia.otero@zerohora.com.br  |  Foto: Marcel Ávila
Marcel ÁvilaO governo estadual ainda não se posiciona sobre a compra. O valor especulado pelo setor imobiliário é de que possa valer R$ 12 milhões

 

Um naco da história gaúcha está à venda. É um dos cenários dos chimangos e maragatos, onde foi assinado um acordo que pôs fim à Revolução de 1923. Um castelo imponente, estilo medieval, de 44 cômodos com 300 hectares, que parece deslocado da singela cidade onde se situa.

Fica em Pedras Altas, no sul do Estado, um município de quase 3 mil habitantes, onde só se chega depois de 30 quilômetros de estrada de chão batido, a principal avenida não tem mais de dois quilômetros e a economia gira ao redor do campo.

A fortaleza foi finalizada em 1913 em um tempo em que uma ferrovia — hoje desativada — deslocava a produção agropecuária para as outras partes do Estado. Ali foram introduzidas no país raças como o gado Jersey, o gado Devon e a ovelha Karakul.

O valor do possível negócio não é revelado pela família, mas há uma especulação no setor imobiliário de que possa chegar a R$ 12 milhões.


Fotos: Marcel Ávila/Especial

O fundador, Joaquim Francisco de Assis Brasil, foi tão importante para o agronegócio que atualmente é homenageado em todas as edições da Expointer, pois é do nome dele que vem o batizado de onde acontece a feira: Parque de Exposições Assis Brasil.

O gaúcho de São Gabriel era apaixonado pela segunda mulher, Lydia, uma moça europeia. Então, ele planejou o castelo inspirado no antigo lar dela, para fazê-la sentir-se em casa. Usou granito rosa e trouxe três espanhóis para trabalhar as pedras e encaixá-las sem uso de argamassa.

Ergueu um império onde 10 crianças e seis empregados viviam baseados na concepção de mundo que tinha: o campo aliado à intelectualidade. Depois de mexer com a terra, faziam saraus, atividades culturais e se debruçavam em literatura em inglês, francês, latim e português em uma biblioteca com 9 mil exemplares, projetada de maneira que o sol entrasse e as obras não mofassem.

As relíquias — entre elas 22 volumes da Enciclopédia, de Diderot e D'Alambert, de 1751 — estão agora à venda, junto com os móveis de madeira maciça importados de Paris. Todo o conjunto, de mobília, prédios e granja, é tombado pelo Estado e está em processo de tombamento nacional. Por isso, quando os donos atuais decidiram vender, pela lei, primeiro o imóvel teve de ser oferecido aos governos municipal e estadual e à União. Só depois de 30 dias, caso não seja demonstrado interesse governamental, poderá ser ofertado à iniciativa privada. 

— Formalmente os documentos ainda não foram enviados, então não podemos ter uma posição se há interesse de compra por parte do Estado — resume a diretora do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (Iphae), Mirian Sartori Rodrigues.

O lugar por onde Assis Brasil fez literatura e política precisa de um restauro avaliado em mais de R$ 5 milhões. Já na fachada, percebem-se as marcas do tempo. Há infiltrações, janelas enferrujadas e pelo menos 12 casas de camotins (que são parecidas com as casas de João-de-Barro). Nem os animais ficaram por lá, pois as casas estão abandonadas. Um projeto de reforma para captação de verba via Lei Rouanet foi feito, mas parte da família herdeira não concordou com alguns documentos necessários para concorrer à verba e, portanto, não houve interessados.

Vista dos fundos do castelo

Atualmente, a mansão é habitada por somente uma pessoa, uma das herdeiras, a neta de Assis Brasil, Lygia Costa Pereira de Assis Brasil, 60 anos. Ela recebia visitantes que queriam conhecer o interior do castelo e as histórias de maragato do avó. Apresentava com orgulho o interior do imóvel e fotos do passado, como uma em que Assis Brasil, um exímio atirador, aparece acertando uma maçã colocada sobre a cabeça do pai da aviação brasileira, Santos-Dumont. Agora, que está tomada a decisão entre os 20 herdeiros de vender a propriedade, nem se anima a reabrir a casa para fotos.

— É complicado tomar decisões entre 20 pessoas. Agora, vou cuidar das minhas coisas que deixei durante 15 anos, tempo que fiquei recebendo pessoas para visitas guiadas — diz por telefone porque não quer mais receber repórteres pessoalmente: — O futuro dono poderá dar outras notícias sobre o castelo.

Durante as fotos do lado de fora, ela passa com galocha e boné, cumprimenta e se desculpa:

— Vou seguir na "lida" — diz apontando para a granja.

 

Fonte: ZERO HORA
Comente:
 
 
 
Fonte: http://revista.penseimoveis.com.br/arquitetura/curiosidades/noticia/2014/05/palco-da-revolucao-de-23-castelo-de-pedras-altas-e-posto-a-venda-4505176.html
Outras Notícias
26
08
Escritório no Paraná foca em projetos para quem quer ter casa na árvore
[+] saiba mais
24
01
Bom, Bonito e Barato: chegou a hora de ter o seu home-office.
[+] saiba mais
02
08
Conheça as cinco dicas necessárias para quem está construindo ou reformando
[+] saiba mais
02
08
Saiba o que fazer com o entulho da obra do seu imóvel
[+] saiba mais
02
08
Vai ampliar ou reformar seu imóvel? Se atente às autorizações necessárias para evitar dor de cabeça
[+] saiba mais
20
05
Confira 7 motivos básicos para você mandar um corretor pro espaço!
[+] saiba mais
09
01
Vai viajar? Confira dicas para viajar com tranquilidade, sem medo de deixar sua casa.
[+] saiba mais
31
01
EcoCasa: modernas e ecológias, o meio ambiente agradece.
[+] saiba mais
24
01
CALOR: Deixe sua casa mais
[+] saiba mais
10
01
#Criatividade: Decore o seu escritório, e transforme-o num espaço multifuncional!
[+] saiba mais
 
Voltar
Newsletter
Cadastre seu e-mail e receba novidades exclusivas.
Nome: 
E-mail: 
Cidade: 
0068 Repita ao lado:
   
            
 
Ficha Cadastral Pessoa Física
Ficha Cadastral Pessoa Jurídica
Notícias
Links Úteis
Simulação de Financiamento
 
 
Não achou o seu imóvel?
 
Informe as características do
imóvel que deseja.
Seu Imóvel Aqui
 
Oferecemos o melhor suporte para o seu imóvel.
Atendimento Personalizado
 
Entre em contato com a gente
para que possamos ajudar.
 
Sobre Nós | Pesquisa Completa | Seu Imóvel Aqui | Imóveis para Venda | Imóveis para Aluguel | Notícias | Links Úteis | Fale Conosco
Imobiliária Ebenézer
CRECI J - 5239
Rua Ariadne Feltrin Campos, 807, Vila Aurora II
CEP: 78740-114 - Rondonópolis, MT
(66) 3421-7766 ou (66) 99979-4476
imobiliaria.ebenezer@gmail.com
http://www.imobiliariaebenezer.com.br
 
Mapa de Localização
(66) 9979 4476 ou 3421 7766
imobiliaria.ebenezer@gmail.com
 
Das 07:30hrs às 11:30hrs e das 13:00hrs às 17:00hrs. Nos Sábados atendimento personalizado, agendamento de horários
Simulação de
Financiamento
Clique aqui e saiba mais!
www.imobiliariaebenezer.com.br © 2018. Todos os direitos reservados. Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias